terça-feira, 10 de julho de 2007

EDP investe forte no vento americano

A Energias de Portugal (EDP), através da sua subsidiária Horizon Wind Energy, chegou a acordo com a JPMorgan, o ABN Amro e a Morgan Stanley para a participação num conjunto de projectos eólicos. Estes investidores institucionais vão apoiar os investimentos da Horizon nos EUA com 700 milhões de dólares.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a EDP afirma que a sua subsidiária norte-americana acordou hoje "os termos indicativos com um consórcio de investidores institucionais para participação num conjunto de projectos eólicos".

Deste consórcio fazem parte a JP Morgan, o ABN Amro e a Morgan Stanley. Estes investidores vão suportar "cerca de 700 milhões de dólares" dos investimentos que serão feitos em parques eólicos pela Horizon.

"Esta transacção, efectuada no seguimento da aquisição da Horizon por parte da EDP, abrange um portfólio de projectos com uma capacidade instalada líquida de 722 MW", refere a empresa em comunicado.

Uma vez executada, esta transacção "permitirá à EDP/Horizon monetizar os créditos fiscais associados à produção eólica do referido portfolio (‘production tax credits’) e a depreciação acelerada proveniente dos parques eólicos da Horizon em operação", conclui a eléctrica.

in Jornal de Negócios

Etiquetas:

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial